Claire Shorrock

Claire Shorrock

🇬🇧Claire is the illustrator of “Snow Globe Wishes”, author-illustrator of “Magnus” and the hand in so many other beautiful works. You can find her on Instagram at @claireshorrock.

How would "once upon a time, there was a little girl called Claire” go? What story would it tell us?
Once upon a time there was a little girl called Claire who loved drawing and making up stories in her head. She always wanted to sit in the car with her mum, (even if it was just to the supermarket!) because this is where she would think of the best ideas.

How did you find yourself in the pages of picture books?
I wasn’t sure when I first started my illustration course at Uwe Bristol, what route I wanted to go down but after a pastiche project, where I choose Miroslav Sasek as a subject, I developed a passion for picture books that hasn’t left me.

When you create a story, do you ever try to transform the little child who will delight with your illustrations? If so, how and what is your main purpose?
I don’t think I ever have it in mind to ‘change’ anyone or even necessarily teach anything. I do want children to see themselves in my illustrations so always have diversity in mind and I also want to be able to convey feeling. Books were always a huge source of comfort for me as a child and that’s definitely what I’d like to create.

If you could choose any existing book, which one would you have liked to have written/illustrated yourself?
I would have to say “Mr. Gumpy’s Outing” by John Burningham or anything by Miroslav Sasek!

If given the chance, who would you hug today?
My dogs, Ponyo and Marge, and my Mum and Dad who I don’t get to see as much as I’d like.

...

🇵🇹A Claire é a ilustradora de “Snow Globe Wishes”, autora-ilustradora de “Magnus” e a mão por trás de tantos outros trabalhos maravilhosos. Podem encontrá-la no Instagram em @claireshorrock.

Como seria o "Era uma vez uma menina chamada Claire”? Que história nos contaria?
Era uma vez uma menina chamada Claire que adorava desenhar e inventar histórias na sua cabeça. Ela queria sempre sentar-se no carro com a sua mãe, (mesmo que fosse só para ir ao supermercado!) porque era aqui que pensava nas melhores ideias.

Como foste parar às páginas de um livro infantil?
Quando comecei o meu curso de ilustração em Uwe Bristol, não tinha a certeza que caminho queria seguir, mas depois de um projecto pastiche, onde escolhi Miroslav Sasek como tema, desenvolvi uma paixão por livros ilustrados que não mais me deixou.

Quando crias uma história, tentas transformar a criança que vai ouvir as tuas palavras? Se sim, de que forma e qual o teu principal propósito?
Acho que nunca tenho em mente 'mudar' ninguém ou mesmo necessariamente ensinar alguma coisa. Quero que as crianças se revejam nas minhas ilustrações, por isso tenho sempre em mente a diversidade e também quero ser capaz de transmitir sentimentos. Os livros foram sempre uma enorme fonte de conforto para mim em criança e isso é definitivamente o que eu gostaria de criar.

Dada a possibilidade de escolher qualquer um, que livro gostarias de ter escrito e ilustrado?
Diria "Mr. Gumpy's Outing" de John Burningham ou qualquer coisa de Miroslav Sasek!

Se pudesses, a quem darias um abraço apertado hoje?
Os meus cães, Ponyo e Marge, e a minha mãe e o meu pai, que não vejo tanto quanto gostaria.

Voltar para o blogue

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários necessitam de ser aprovados antes de serem publicados.